Carregando

Buscar

Futebol

Ferj cobra indenização de Fluminense e Botafogo na Justiça e chama manifesto de “chilique”

Compartilhe

A briga entre Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), Fluminense e Botafogo, que foram contrários ao reinício do Campeonato Carioca em meio à pandemia do novo coronavírus, parece estar longe do fim. De acordo com o site “Globo Esporte”, a entidade entrou na Justiça para cobrar uma indenização dos clubes.

Segundo a reportagem, a Ferj entende o manifesto de ambos os filiados contra a competição como um “chilique” e quer retratação da dupla. Além disso, exige uma indenização de R$ 100 mil de Flu e Bota por danos morais.

Fluminense e Botafogo duelando pelo Campeonato Carioca. Foto: Divulgação/Botafogo

No documento enviado à Justiça, a Ferj alega que Botafogo e Fluminense “expuseram grosseira e mentirosamente uma série de supostas irregularidades imputadas à Autora” e diz que “é muita covardia de ambos mandatários agirem às expensas das instituições que administram para tentar infligir alguma dor na moral alheia, visando amealhar alguma fugaz repercussão social”.

A Federação ainda atacou as administrações dos dois clubes, que segundo ela, estão “falidos”. “Essa retórica vazia e oportunista somente tem o condão de desvirtuar o foco da questão, qual seja, a inabilidade em gerir a crise em um clube falido. O suposto motivo nobre nada mais do que mascara uma triste realidade de bancarrota absoluta, bancada por sucessivas administrações incompetentes”, finalizou.

Tags

Em destaque