Carregando

Buscar

Futebol

Menino de 12 anos é detido após racismo em rede social de Zaha: “É melhor você não marcar amanhã”

Compartilhe

Racismo vem sendo tema recorrente em manifestações que tomaram o mundo, principalmente após o incidente envolvendo violência policial, na morte de George Floyd. Apesar da inflamação popular com a campanha ‘Black Lives Matter (Vidas Negras Importam), a injúria racial não cessou.

Neste domingo, o atacante do Crystal Palace, Wilfried Zaha, foi alvo de injúrias raciais e ameaça em seu instagram. Um seguidor de 12 anos, teoricamente torcedor do Aston Villa, rival de seu clube na próxima partida, se dirigiu ao jogador como “merda preta”, e disse que, caso ele marque um gol, iria ser recebido em casa por ele, vestido de fantasma, em alusão à seita da Klu Klux Klan. O menino foi detido e levado para custódia.

João Felix

“É melhor você não marcar amanhã, sua ‘merda preta’, ou eu vou aparecer na sua casa vestido de fantasma”, disse o usuário ao atacante.

Além das ameaças verbais, algumas imagens foram enviadas, das quais continha uma foto da Klu Klux Klan, e de uma caixa de cereal antiga com teor altamente racista. Zaha não se intimidou com as mensagens e compartilhou em seu twitter. Lembrando que a Premier League vem criando mecanismos de denúncia para casos como este.

Tags

Em destaque