Carregando

Buscar

Futebol

Juninho critica Neymar: “O PSG deu o que queria. Agora é hora de retribuir”

Compartilhe

Diretor esportivo do Lyon, Juninho Pernambucano criticou a postura de Neymar em entrevista ao jornal “The Guardian”. O ex-jogador afirmou que o craque do PSG é o retrato de uma sociedade, segundo ele, gananciosa. 

“No Brasil, somos ensinados a cuidar apenas de dinheiro, mas na Europa eles têm uma mentalidade diferente. Inconscientemente, fiz um plano de carreira porque queria ir para outro grande clube do Brasil, e não apenas jogar por esporte. Fui ensinado a procurar quem me pagaria mais. Esse é o jeito brasileiro”.

Olhe para Neymar. Ele se mudou para o PSG apenas por causa de dinheiro. O PSG deu tudo a ele, tudo o que ele queria e agora ele quer sair antes do fim do contrato. Mas agora é a hora de retribuir, de demonstrar gratidão. É uma troca, você vê. Neymar precisa dar tudo o que pode em campo, para mostrar total dedicação, responsabilidade e liderança”.

Juninho continuou: “O problema é que o Brasil há uma cultura de ganância e sempre se quer mais dinheiro. Foi isso que fomos ensinados e o que aprendemos”.

No entanto, o dirigente separa bem o jogador da pessoa. Para ele, Neymar pode fazer mais para crescer como ser-humano, principalmente por estar entre os três melhores jogadores do mundo. 

“É simplesmente o que ele aprendeu. Preciso diferenciar Neymar como jogador e Neymar como pessoa. Como jogador, ele está entre os três primeiros do mundo, no mesmo nível de Cristiano Ronaldo e Leo Messi. Ele é rápido, forte, pode fazer gols e dar assistências como um verdadeiro número 10”.

“Mas, como pessoa, acho que ele é culpado porque precisa se questionar e crescer. No momento, porém, ele está apenas fazendo o que a vida lhe ensinou a fazer”

Juninho Pernambucano
Tags

Em destaque