Carregando

Buscar

Futebol Stick

Dirigentes da Federação Paraibana e jogadores do Botafogo-PB receberam auxílio emergencial, diz reportagem

Compartilhe

A Federação Paraibana de Futebol ganhou espaço na mídia nacional, por estar supostamente envolvida em um escândalo. Neste domingo, o programa “Esporte Espetacular”, da Rede Globo, trouxe uma denúncia sobre o recebimento do auxílio emergencial do Governo Federal por dirigentes da entidade. Ainda de acordo com a reportagem, três dirigentes da FPF, além de irmãs do jogador paraibano Hulk receberam o auxílio de R$ 600 destinado a pessoas em situação de vulnerabilidade por conta da pandemia do coronavírus.

Gerson Tomaz da Silva Junior, Diretor de Registros e Transferências; Gustavo Trindade Paulo Diretor de Competições; Thalyta Costa Gomes do departamento de Futebol Feminino, além de ser neta de Rosilene Gomes, atual vice presidente da FPF são apontados como beneficiários do recebimento do auxílio.

Hulk e sua irmã Givanilda. Foto: Reprodução/Internet
João Felix

Ainda segundo a reportagem, existem documentos que mostram outros dirigentes da Federação Paraibana de Futebol e jogadores do Botafogo-PB, time mais popular da capital, ganhando com indícios de irregularidade o auxílio. Os nomes dos jogadores não foram revelados.

Tags

Em destaque