Carregando

Buscar

Futebol

Athletico analisa venda de jogos como mandante no Brasileiro e Globo será afetada

Compartilhe

O Athletico-PR pretende vender seus jogos como mandante no Campeonato Brasileiro para a transmissão em streaming na internet com base na MP sobre direitos da TV, de acordo com jornalista Rodrigo Mattos, do portal “Uol”.

O presidente do Conselho Administrativo do clube, Mario Celso Petraglia, informou a ideia via Twitter. No entanto, isso poderá causar conflito com a Globo, já que a emissora comprou direito de streaming de outros times que atuariam nas partidas. 

“Como o Athletico não vendeu seus direitos de transmissão do PPV para a RG (Rede Globo) em razão do valor vil nos oferecido, a proporção é de 25x para 1 do que ganha mais para o menos! Teremos 19 jogos como mandante para negociarmos por 5 anos, serão 95 jogos em casa contra todos!”, afirmou o dirigente nas redes sociais.

João Felix

O Athletico tem acordos de  TV Aberta com a Globo e de TV Fechada com a Turner, porém não assinou contrato de pay-per-view do Brasileiro. Seu acordo com a Turner dá direitos sobre as partidas de streaming. Segundo a publicação, o clube paranaense já prospecta possíveis interessados no mercado para a compra dos jogos como mandante.

Com relação à Globo, os conflitos podem ser gerados igual ocorreu com o Flamengo no Campeonato Carioca. Hoje, a emissora tem contrato para pay-per-view com 18 clubes da competição, com exceção do Bragantino e do Athletico-PR, e o seu entendimento é que os acordos de exclusividade impedem que o time mandante venda uma partida na qual tenha outro sob contrato. 

Além do Athletico, o Bragatino também pretende usar a MP assinada pelo Bolsonaro para vender seus jogos como mandante, visto que não tem nenhum contrato televisivo no momento. 

Tags

Em destaque