Carregando

Buscar

Futebol

Diretor esportivo do Rennes rechaça chance de vender Camavinga para o Real

Compartilhe

Eduardo Camavinga há tempos vem sendo ventilado em grandes clubes europeus. O principal dos interessados seria o Real Madrid. Porém, no que depender do diretor esportivo do Rennes, o jovem de 17 anos não sai tão cedo.

Florian Maurice, em entrevista ao canal “RMC Sport”, disse que nem se o Real chegar com 80 milhões de euros (R$ 492 milhões) ele venderia Camavinga. Em seus planos, o garoto fica pelo menos até 2022 na equipe francesa.

Foto: Getty Images
João Felix

– Não se falou na saída de Camavinga. Nunca houve um interesse real. Desde a minha chegada, tinha claro que faríamos um projeto com ele. Se o Real Madrid oferecer 80 milhões como se diz por aí? A resposta é não. Queremos contar com ele para que siga evoluindo no Rennes, disse o diretor.

A única situação que faria a diretoria vender o atleta seria se o próprio jogador manifestasse interesse em sair. Lembrando que o Rennes disputará a Liga dos Campeões de maneira inédita na próxima edição

Tags

Em destaque