Carregando

Buscar

Futebol Stick

Crivella não garante público nos estádios a partir de 10 de julho

Compartilhe

Em edição extra do Diário Oficial do Município (DOM-RJ) publicada na noite do último sábado, a Prefeitura do Rio de Janeiro liberou o público nos jogos, mas com um limite de 1/3 da capacidade dos estádios e outras restrições. Nesta terça-feira, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) afirmou que não sabe se a medida será cumprida, num discurso alinhado com o da própria Prefeitura no mesmo dia. Confuso? Em entrevista coletiva realizada à tarde, o prefeito Marcelo Crivella disse acreditar na presença dos torcedores somente no Campeonato Brasileiro, em agosto.

“O prefeito não é autorizado a fazer abertura antes da data autorizada pelo Conselho Científico, que analisa a parte médica. O prefeito vê a parte de transporte, segurança, política… Como a população vai receber essas medidas. O Conselho diz que é dia 10, mas isso não quer dizer que é dia 10. A mesma coisa aconteceu quando dissemos que os shoppings poderiam abrir, e teve shopping que não abriu. Estamos analisando e pedindo ajuda à Polícia Militar, para ver se podemos garantir que todo o público estará de máscara e que não vai ter aglomeração nos transportes”, completou Crivella.

A declaração do prefeito, publicada pelo site “Globoesporte.com”, está de acordo com o documento “Medidas para o retorno das atividades esportivas – Futebol”, da Vigilância Sanitária da Prefeitura do Rio de Janeiro. Confira as chamadas “regras de ouro” nas imagens abaixo.

João Felix

Em destaque