Carregando

Buscar

Futebol

Contratação de Arthur pela Juventus foi a mais cara dessa janela de transferências

Compartilhe

Com o mercado duramente afetado pela crise devido à pandemia de Covid-19, a tendência é que os clubes tenham menos poder para gastar com contratações nesse primeiro momento. Com isso, a transação mais cara dessa janela de transferências envolve um jogador que estava em baixa. Trata-se de Arthur, do Barcelona.

Apesar de a Juventus ter pago apenas 12 milhões de euros em dinheiro, o valor da negociação conta como 72 milhões de euros, uma vez que o clube cedeu Pjanic ao Barcelona. O valor do bósnio para essa transferência foi de 60 milhões de euros.

Foto: Getty Images

Apesar de Pjanic cumprir a mesma função de Arthur no campo, suas características de mercado são bem distintas. O ex-Grêmio ainda se adapta ao futebol europeu, enquanto o Bósnio já acumula boas passagens pelos gigantes italianos, Roma e Juventus.

O brasileiro por outro lado poderá ser revendido por um preço superior a Pjanic, já que é bem mais novo. 

Veja os reforços mais caros dessa janela de transferências:

1 – Arhur (BRA, Juventus) – 72 milhões de euros
2 – Miralem Pjanic (ITA, Juventus) – 60 milhões de euros
3 – Álvaro Morata (ESP, Atlético de Madri) – 56 milhões de euros
4 – Timo Werner (ALE, Chelsea) – 53 milhões de euros
5 – Mauro Icardi (ARG, Paris Saint-Germain) – 50 milhões de euros
6 – Hakim Ziyech (MAR, Chelsea) – 40 milhões de euros
7 – Giovani Lo Celso (ARG, Tottenham) – 32 milhões de euros
8 – Francisco Trincão (POR, Barcelona) – 31 milhões de euros
9 – Emre Can (ALE, Borussia Dortmund) – 25 milhões de euros
9 – Nicolò Barella (ITA, Inter de Milão) – 25 milhões de euros

Fonte: Transfermartkt

Foto: Getty Images

Em destaque