Carregando

Buscar

Futebol

Bap solta o verbo contra Abel e diz que ele devia estar de “sacanagem”

Compartilhe

Luiz Eduardo Baptista, o Bap, vice-presidente de relações externas do Flamengo, soltou seu verbo ao falar de suas impressões sobre a última passagem de Abel Braga pelo clube.

Bap não poupou palavras em entrevista ao “Ser Flamengo”, e avaliou o trabalho do experiente treinador. Para o VP, a cúpula rubro-negra avaliou que o Abel deveria estar de “sacanagem”, o que, para eles, foi evidenciado em suas entrevistas pós-jogos.

Foto: Twitter
João Felix

“A gente entendia que o ciclo do Abel estava para acabar. Ia acabar rápido. 70% por causa dele. Houve um momento em que a gente achava, e a gente discutia internamente, que ele devia estar de sacanagem. A gente olhava ele dando entrevista e a gente falava “cara, tem alguma coisa que a gente não está entendendo. Ou ele bebeu ou ele está drogado”, disparou.

Para o VP, Abel dava algumas declarações que, ao seu entender, eram propositais, a fim de forçar uma ruptura com o clube, como quando ele disse que perder para o Atlético-MG era normal: “Não é possível. Não é possível que ele esteja falando o que ele está falando’. Nós entendemos, a impressão que alguns de nós tivemos é que ele estava cavando a própria saída. Ele tá querendo brigar com a gente. Não é possível”, finalizou.

Após alguns resultados negativos, e com a relação entre técnico e torcida/diretoria insustentável, Abel acabou pedindo demissão do clube. Seu sucessor foi Jorge Jesus, que acabou dando certo na equipe.

Tags

Em destaque