Carregando

Buscar

Futebol

Botafogo pede, e STJD libera Paulo Autuori para o retorno do Campeonato Carioca

Compartilhe

O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) permitiu que o Botafogo pudesse ter Paulo Autuori no comando do time na partida contra a Cabofriense no Estádio Nilton Santos. A permissão veio através de uma liminar, anulando a punição dada pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro, TJD-RJ.

Segundo o TJD-RJ, Paulo Autori teria ofendido e denegrido a imagem da federação e do presidente Rubens Lopes sem qualquer fundamento. O técnico havia chamado a Ferj de ”federação dos espertos”, em entrevista ao jornal ”O Globo”.

João Felix

Otávio Noronha, vice-presidente do STJD, saiu em defesa de Autuori: ”Se a Procuradoria local entende que o Requerente cometeu ato infracional, deve (e certamente o fará) oferecer a competente denúncia, que seguirá o devido processo legal, onde se oportunizará o sagrado direito de defesa ao denunciado, que, ao final, se condenado for, cumprirá a pena que lhe for imposta. Não se pode, em hipótese alguma, inverter a ordem do processo, impondo-se uma espécie de cumprimento antecipado de pena”.

A partida contra a Cabofriense nesse domingo (27) é valiosa para o Alvinegro, uma vez que este se encontra em 4º lugar no grupo A e almeja a classificação para as semifinais da Taça Rio.

Em destaque