Carregando

Buscar

Futebol

Santos é punido novamente pela Fifa por dívidas, agora com Luan Peres

Compartilhe

O mundo do futebol vem sofrendo com a crise financeira imposta pela pandemia do coronavírus. Sem jogos, receitas de TV e bilheteria suspensos, os clubes veem antigos problemas de gestão se agravarem no momento de recessão. No Santos isso não é diferente e, após a punição pela dívida com o Hamburgo pelo zagueiro Cléber Reis, o clube foi punido novamente por uma contratação de outro zagueiro: Luan Peres.

O alvinegro praiano não cumpriu o prazo imposto pela Fifa de 45 dias para quitar uma quantia de 262,5 mil euros (pouco mais de R$ 1,6 milhões) com o Club Brugge, da Bélgica. A entidade divulgou sua decisão, afirmando que o Santos continua sem poder registrar jogadores por mais três meses, e caso não pague depois desse tempo, pode ter maiores consequências.

Luan Peres em treinamento pelo Santos. Foto: Divulgação/Santos
João Felix

“No caso de o valor devido, acrescido de juros nos termos dos pontos 2. e 3. não ser pago pelo reclamado (o Santos) no prazo de 45 dias a partir da notificação pelo reclamante dos dados bancários (…), o demandado (o Santos) será banido de registrar novos jogadores, nacional ou internacionalmente, até pagar ou pela duração máxima de três meses inteiros”.

A situação é considerada como muito grave pelos dirigentes santistas, e o clube registrou um déficit de quase R$ 20 milhões no primeiro trimestre de 2020. Caso não regularize seus débitos nos próximos três meses, o caso pode ser levado ao CAS (Corte Arbitral do Esporte) e o clube poderá perder pontos no Campeonato Brasileiro.

Tags

Em destaque