Carregando

Buscar

Futebol

Landim crê em Libertadores até 2021 e diz que o Fla está dando exemplo

Compartilhe

Atual campeão da Copa Libertadores, o Flamengo já trabalha com a hipótese de estar em campo na decisão do título de 2020 apenas no próximo ano. Em virtude da paralisação do futebol por causa da pandemia da Covid-19, sendo que a grande maioria dos campeonatos ainda não foi retomada, o presidente do clube, Rodolfo Landim, acredita que a competição continental será finalizada apenas no início de 2021, como deixou claro em entrevista à “CNN Brasil”.

“A expectativa é de que o calendário deste ano se estenda até janeiro do próximo ano, para que as competições sejam concluídas do modo como foram idealizadas. Será preciso um ajuste com a Conmebol por causa da Libertadores e da Sul-Americana, que também vão complicar um pouco esse calendário”, disse o mandatário do clube carioca, lembrando de um assunto que está nos protocolos de segurança da Confederação Sul-Americana de Futebol, aprovados no fim da última semana. “Existe uma indefinição maior porque sabemos que envolve um problema de fronteira, e os países precisam estar com suas fronteiras abertas para que os jogos possam ocorrer.”

Flamengo celebra a conquista da Libertadores em 2019, feito que espera repetir em 2021 (Getty Images)

Envolvido na polêmica sobre a retomada do futebol carioca, o Flamengo foi o primeiro grande clube do Brasil a voltar a campo, na última quinta-feira, quando venceu o Bangu por 3 a 0. Landim, no entanto, acredita que o clube está dando bom exemplo. “Isso é um enorme exemplo que estamos dando a outros setores da sociedade, e que pode ser adotado também para as suas voltas. Ficamos muito felizes de submeter o protocolo a um conjunto de médicos, e o que o prefeito nos falou é que nosso protocolo é irretocável.”

E enquanto o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, assinou um decreto que beneficiou Botafogo e Fluminense, contrários a volta do futebol em junho, Landim já pensa no Brasileirão começando daqui a dois meses. No máximo. “Claro que temos um desafio grande, e essa é uma das razões por que no Rio de Janeiro tentamos dar um passo à frente. Esperamos que no fim de julho, no mais tardar em agosto, possamos iniciar o Campeonato Brasileiro.”

João Felix

Em destaque