Carregando

Buscar

Futebol

Jogador lamenta falecimento de esposa grávida, por coronavírus

Compartilhe

Claudinei, jogador que atuou este ano pelo GAS-RR e Princesa do Solimões, perdeu sua esposa, Arícia Campelo, de 28 anos, vítima do coronavírus. Ela estava grávida de sete meses. A bebê está entubada no hospital, após uma cesariana forçada.

“No dia 12 de junho, ela foi entubada. No dia 13, teve a neném. Aí ela começou a apresentar melhoras no quadro médico. Começou a iniciar uma respiração boa, estava dando sinais de evolução, apesar de entubada. Na quinta, conseguiram desentubar ela. Estava tudo bem, o pulmão respondia bem. Mas na quinta começou a ter paradas cardíacas e morreu na madrugada de sexta. Me ligaram às 2h. Foi muito de repente”, contou Claudinei, ao portal “Globoesporte”.

Foto: Twitter
João Felix

Em casa quando soube do falecimento de sua esposa, que, anteriormente, vinha passando por quadros de melhora, o jogador prestou sua homenagem em suas redes: “Você vai me deixar muitas saudades. Mudou minha vida e me fez um homem melhor. Me deixou um lindo presente, que é nossa filha. O céu vai ficar mais alegre com sua chegada, minha preta. Te amarei eternamente”.

Dias antes, o jogador tinha esperanças de que sua esposa voltasse para casa: “Meu amor, você é a melhor parte de mim. Logo logo estarei te abraçando e te enchendo de beijos com a nossa princesa no colo. Te amo inexplicavelmente”, postou também em suas redes.

O velório foi realizado na última sexta, com poucas pessoas presentes, em razão da pandemia. A cerimônia teve aproximadamente duas horas de duração.

Tags

Em destaque