Carregando

Buscar

Futebol

Botafogo vai ao TJD-RJ contra retorno ao Carioca definido pela Ferj

Compartilhe

A decisão foi tomada no Arbitral da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) realizado na última segunda-feira: o Campeonato Carioca recomeçaria nesta quinta-feira, dia 18, e Botafogo e Fluminense, contrários ao retorno do estadual ainda em junho, ganhariam mais um tempo para voltar em campo, no dia 22. Assim, a diretoria do clube de General Severiano entrou com uma ação no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) para não enfrentar a Cabofriense na próxima segunda-feira, no estádio Nilton Santos. As informações são da “Rádio Tupi”.

O movimento está de acordo com a postura da diretoria alvinegra desde o início da pandemia da Covid-19, sendo que elenco e comissão técnica sequer voltaram aos trabalhos presenciais, o que deve acontecer no próximo sábado. Na ação impetrada no TJD-RJ, assinada pelo presidente Nelson Mufarrej e pelos advogados alvinegros, o clube pede que as duas últimas rodadas da Taça Rio, contra Cabofriense e Portuguesa, sejam realizadas nos dias 1º e 4 de julho, respectivamente, sem que o clube sobre punições administrativas da Ferj.

Presidente Nelson Mufarej segue firme na decisão de o Botafogo só voltar a jogar em julho (Vitor Silva/BFR)

Mufarrej afirmou, em entrevista coletiva realizada na última quarta-feira, que o time não entrará em campo para cumprir o calendário imposto pela federação. Ao seu lado estava o prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, que defendeu a decisão de Botafogo e Fluminense num discurso apaziguador, pedindo que não haja punição aos clubes.

João Felix

Em destaque