Carregando

Buscar

Futebol

Maracanã 70 Anos: Zico e Gabigol dominam a artilharia ontem e hoje

Compartilhe

O Maracanã completou 70 anos nesta terça-feira, com história que o transforma, desde a sua inauguração, no maior palco de goleadas, choros, alegrias, festas e, também, recordes. No assunto artilharia, Zico domina com uma marca praticamente inalcançável de 334 gols. No entanto, a briga pare ser o novo goleador do Maraca, desde a sua reinauguração em 2013, segue aberta.

Desde 2015, o líder dos artilheiros era Fred, que superou Hernane Brocador e chegou aos 30 gols (três pela seleção brasileira e 27 pelo Fluminense). Mas desde então não balançou mais a rede, uma vez que em 2016 trocou as Laranjeiras pelo futebol mineiro, e quem aproveitou a brecha foi Gabigol. O atacante do Flamengo ultrapassou o camisa 9 tricolor, marcando 35 gols (três pelo Santos e 32 pelo Rubro-Negro). Mas Fred está de volta ao Rio de Janeiro…

Mas o posto é do camisa 9 e herói do título da Copa Libertadores 2019. Em entrevista ao jornal” Extra”, o atacante do Flamengo relembrou suas experiências no estádio, como seu primeiro hat-trick e o ouro olímpico, e também a sensação de defender o Rubro-Negro carioca, que tem como ídolo Zico, o maior goleador do antigo Maraca.

Foto: Reprodução/Instagram
João Felix

“Jogar no Maracanã é algo que me deixa muito honrado. vivi grandes momentos da minha carreira lá. Pelo Santos, fiz no estádio o meu primeiro hat-trick. Com a Seleção, ganhamos o inédito ouro olímpico, e ali já deu para sentir a atmosfera que é a torcida”, revelou Gabigol.

Sobre o campeão da Libertadores e do Brasileirão, o camisa 9 desabafou: “Foi amor à primeira vista. Desde meu primeiro jogo lá, a torcida vibrando do início ao fim com o time. É algo que arrepia só de falar. Todo jogo no Maracanã é especial, é diferente… Não sei como explicar. É uma honra mesmo poder atuar lá com tanta frequência.”

Foto: Reprodução/Instagram

A artilharia do estádio após e reforma:

• Gabigol: 35 gols
• Fred: 30 gols
• Henrique Dourado: 23 gols
• Hernane: 20 gols
• Alecsandro: 18 gols

No entanto, Zico não concorda com a contagem entre o novo e velho estádio. Para ele, o Maracanã é apenas um, e por isso a artilharia deveria seguir a mesma linhagem. Em entrevista ao programa “Sportcenter”, da “ESPN”, o Galinho deu sua opinião sobre o assunto.

Não existe essa de novo e velho Maracanã. Ele é um só. Eu estava vendo a final lá na Inglaterra, entre o City e o Aston Villa, e não ouvi o narrador falar em nenhum momento em novo e velho Wembley, somente Wembley. É por isso que no Brasil temos a mania de esquecer da história dos clubes e dos jogadores, então não vejo sentido nisso.”

Foto: Reprodução/Instagram

O ídolo rubro-negro tem 334 gols em 435 partidas disputadas no Maracanã – incluindo os números pela seleção brasileira. Em Campeonatos Brasileiros, o Galinho marcou 135 vezes. Sobre o título de maior artilheiro, Zico disse não o deixar vaidoso, mas “feliz e orgulhoso”.

Nunca liguei muito para o fato de ser o maior artilheiro do Maracanã. Lógico que há uma vantagem para mim em relação a jogadores de outros clubes, já que o Maracanã sempre foi a casa do Flamengo, que não tinha estádio e jogava a maioria dos jogos lá, então fui mais privilegiado. Mas a média também é alta. Eu era um jogador que tinha boa aptidão para artilharia. Fico feliz e orgulhoso, evidentemente, por possuir este feito no que considero o maior estádio do mundo“, disse o eterno camisa 10 em entrevista ao jornal “Lance!”.

Embora Zico seja o maior artilheiro do Maracanã em jogos normais, Pelé não fica fora do ranking. O Rei do Futebol é o jogador com mais gols vestindo a camisa da seleção brasileira: são 30 em 22 partidas.

Pelé em sua última partida, no Maracanã - Foto: Getty Images
Tags

Em destaque