Carregando

Buscar

Futebol

“Ninguém gosta de ter uma pistola apontada para a sua cabeça”, disse Samu Castillejo

Compartilhe

Samu Castillejo, jogador do Milan, da Itália, foi vítima de assalto na semana passada. O jogador foi parado por dois assaltantes quando viajava no seu carro, e teve seu relógio roubado. Em entrevista ao jornal “Marca”, da Espanha, o jogador falou sobre o assunto, lembrando que apesar de a situação já estar ultrapassada, o sentimento de medo permanece.

“Felizmente, os policiais conseguiram encontrar os assaltantes. O susto fica, ninguém gosta de ter uma pistola apontada para a sua cabeça. Aconteceu tudo em 20 segundos, eles aproximaram-se com uma moto, apontaram a pistola para a minha cabeça e me pediram o relógio repetidamente”, contou o jogador do gigante italiano.

Samu Castillejo em ação pelo Milan. Foto: Divulgação/Milan
João Felix

Castillejo poderá contar com a volta do Campeonato Italiano para se distrair. O Milan já voltou a jogar pela Copa da Itália, e foi eliminado pela rival e líder do campeonato nacional, a Juventus. O rubro-negro italiano atualmente ocupa a sétima colocação, com 36 pontos em 26 jogos.

Tags

Em destaque