Carregando

Buscar

Futebol

Ídolo do Real Madrid, Hierro se diz privilegiado por não enfrentar Messi: “Me livrei de um”

Compartilhe

Ex-jogador do Real Madrid e da Seleção Espanhola, Fernando Hierro colecionou títulos, dentre eles, três Liga dos Campeões, cinco espanhóis e dois Intercontinentais. Conversando com a rádio “Continental”, da Argentina, ele rasgou elogios a dois dos principais jogadores da história do país: Messi e Maradona.

Hierro se disse privilegiado por nunca ter precisado enfrentar o atual bola de ouro, em contrapartida, passou pela experiência de jogar contra Maradona.

 

Foto: Getty Images
João Felix

“Eu me considero privilegiado por não ter jogado contra o Messi. Já o Maradona foi meu ídolo na infância. Pude me livrar de um, mas joguei contra o outro, e o que Messi está fazendo nos últimos 15 anos é algo fora do comum”, revelou.

O ex-zagueiro aproveitou para recordar a final do Intercontinental de 2000, diante do Boca Juniors, quando o Real acabou sendo vice-campeão: “O Boca tinha uma equipe magnífica em 2000. Chegamos a Tóquio depois de um jogo e o Boca se preparou por três semanas. Começamos devagar e logo estava 2 a 0 para eles. Essa derrota para o Boca nos ensinou e ajudou muito a vencer o campeonato seguinte”, finalizou.

Hierro também se arriscou como treinador, tendo comandado a Seleção Espanhola na Copa de 2018, quando substituiu Lopetegui às vésperas. Na ocasião, a Espanha decepcionou ao ser eliminada nas oitavas, diante da Rússia, nos pênaltis. Hoje ele não se envolve mais com a profissão, e comanda uma empresa de tecelagem.

Tags

Em destaque