Carregando

Buscar

Futebol

Cláusula obriga Basel a comprar Arthur Cabral do Palmeiras, caso ele marque mais três gols

Compartilhe

Arthur Cabral, comprado por R$5 milhões pelo Palmeiras no início do ano passado, foi pouco aproveitado no Verdão. Para aliviar sua folha salarial, o clube emprestou o atacante ao Basel, da Suíça, até o final desta temporada europeia. 

A história do jogador no clube europeu tem sido melhor do que no Palmeiras: São nove gols marcados em 24 partidas. Ainda sobre os números dele, caso Arthur anote mais três até o fim de seu contrato, uma cláusula obrigaria o Basel a comprá-lo por 4,5 milhões de euros (R$25,7 milhões)

Foto: Twitter
João Felix

Apesar disso, o clube suíço já revelou o desejo de comprá-lo, mesmo que a meta da cláusula não seja alcançada. Caso isso ocorra, o Palmeiras veria um alívio em seus cofres durante a crise do coronavírus.

Arthur celebrou sua boa fase, e comentou sobre sua evolução em entrevista ao portal “Globoesporte”: “tem sido uma experiência muito boa. Tinha desejo de jogar na Europa e estou aproveitando essa oportunidade. Tenho evoluído bastante, no geral. Meu pensamento é melhorar a cada dia”, revelou o atleta, que vê a meta de gols como um estímulo em campo.

Sobre o Palmeiras, Arthur comentou sobre as poucas oportunidades recebidas: “Quando cheguei ao Palmeiras infelizmente tive uma lesão, e isso me fez perder parte da pré-temporada e o início da nossa temporada. Logo depois, até consegui jogar, fiz gol, mas infelizmente não tive sequência. É difícil, não sei dizer o porquê, procuro pensar pouco nisso. Procuro aprender com meus erros, com todos aprendizados que tive para cada vez mais evoluir e melhorar no futebol”.

Por fim, revelou que há pedidos de torcedores para que ele volte, não descartando esta possibilidade para o futuro da sua carreira: “Alguns comentam (nas redes sociais), pedem para voltar ou falam que poderia ter mais oportunidades ou que poderia ter dado certo. Sempre tem um ou outro. Não tenho mágoa nenhuma do Palmeiras, longe disso. Minha cabeça está totalmente no Basel, estou focado nisso. Se algum dia chegar momento e tiver oportunidade de jogar no Palmeiras não seria problema nenhum”.

Tags

Em destaque