Carregando

Buscar

Futebol

Balotelli decide processar o Brescia

Compartilhe

Está aberta a “guerra” entre Mario Balotelli e Brescia. As duas partes começaram a se distanciar com as repetidas ausências do atacante no retorno aos treinos, e agora ganhou um novo episódio, com o clube se recusando a pagar o salário do jogador referente ao mês de março.

Em entrevista ao jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”, Mattia Grassani, advogado do presidente do time italiano, Massimo Cellino, não poupou nas críticas dirigidas à atitude do ex-atacante da seleção italiana.

“Penso que Mario Balotelli é o único jogador europeu de alto nível que teve a ousadia de colocar o próprio clube na Justiça, para obter o pagamento integral do salário de março, em pleno período de coronavírus e com as atividades esportivas completamente suspensas”, afirmou.

Balotelli em ação pelo Brescia. Foto: Divulgação/SerieA

“O Brescia já perdeu a conta das mensagens enviadas pelo jogador, sempre a noite, alegando que não poderia treinar. Nos últimos dez dias, enviou três, entre as 20h e as 23h30, o último deles na quarta-feira, quando o clube estava, obviamente, fechado”, finalizou.

Balotelli chegou com uma grande expectativa ao seu clube de coração, mas a passagem não vai ser lembrada por seus gols em campo. Episódios de racismo, inclusive do próprio presidente do clube, faltas rotineiras aos treinamentos e vida noturna movimentada foram as situações mais relevantes de sua trajetória. Pelo Brescia, o jogador conta com 19 jogos oficiais e cinco gols.

Tags

Em destaque