Carregando

Buscar

Futebol

Caso Marrony: Vasco paga tudo que devia ao jogador para evitar saída pela Justiça

Compartilhe

A negociação entre Vasco e Atlético-MG por Marrony ganhou um novo capítulo. O Cruzmaltino pagou tudo que devia ao jogador para evitar que ele saísse por meios legais. Alguns detalhes financeiros impedem que a negociação seja concretizada.

João Felix

Entenda a proposta:

O Atlético-MG entrou em contato com o Vasco para fazer uma proposta por Marrony no valor de 3 milhões de euros. O Vasco fez uma contraproposta no valor de 4 milhões. 

O clube mineiro aceitou o valor, mas gostaria de pagar de forma parcelada, com 50% agora, 25% no final do ano e 25% no meio do ano que vem. O time de São Januário não aceitou por precisar do dinheiro de forma urgente para equilibrar seu caixa.

BMG entrou no negócio:

Como o Atlético não pode pagar os 4 milhões de euros à vista e o clube carioca precisa do dinheiro de maneira imediata, o banco BMG aceitou repassar o valor da 2ª e da 3ª parcela para o Cruzmaltino, que equivalem a 50% do total. O time de Belo Horizonte pagaria os 50% nessa semana ao time da colina. Dessa forma, o Vasco receberia o valor integral agora e o Atlético-MG pagaria as parcelas posteriormente para o banco. A única coisa que trava a negociação é que o BMG quer receber juros e ainda não se sabe quem pagará por isso.

Foto: Reprodução/Instagram

Receoso de que o jogador pudesse colocar o clube na justiça e sair de graça, o Vasco pagou todos os salários atrasados do atleta. Marrony disputou 84 jogos e marcou 11 gols.

Em destaque