Carregando

Buscar

Futebol

Fim de era: PSG comunica a Thiago Silva que não renovará seu contrato

Compartilhe

Fim de uma era no Parc des Princes. Depois de oito anos e várias conquistas, Thiago Silva não vestirá mais a camisa do PSG, time do qual é o atual capitão. O zagueiro foi comunicado no fim de semana pelo compatriota Leonardo, diretor de futebol do clube, que o seu contrato não será renovado, numa decisão chancelada pelo presidente Nasser Al-Khelaifi. Não há, no entanto, confirmação se o clube estenderá o contrato do jogador até agosto, por causa da Liga dos Campeões. As informações são do jornal francês “L’Equipe”

Thiago Silva tem acordo com os franceses até o próximo dia 30 de junho, quando terminaria a temporada 2019/20 do futebol europeu. Apesar de o Campeonato Francês ter sido encerrado, com o PSG  declarado campeão, a pandemia da Covid-19 atrasou todo o calendário. Aos 35 anos, o zagueiro brasileiro ainda tem mercado no exterior, e desde abril seu destino vinha sendo especulado – a imprensa já dava como certa que o Paris Saint-Germain não renovaria com ele e outros três jogadores: Cavani, Kurzawa e Meunier.

Segundo o diário, o desejo do brasileiro é permanecer mais dois anos na Europa, o que poderia ajudá-lo a disputar, aos 37 anos, a Copa do Mundo do Catar, em 2022. Uma das hipóteses é o seu retorno ao Milan, de onde saiu para o PSG. Recentemente, porém, Thiago Silva animou a torcida do Fluminense ao repostar mensagem da tia com os dizeres “Vem, Monstro!”, numa referência ao apelido carinho que recebeu dos tricolores. Na última semana, o clube carioca levou de volta às Laranjeiras outro de seus grandes ídolos, o atacante Fred.

Em oito anos em Paris, Thiago Silva conquistou sete títulos do Campeonato Francês (2013, 2014, 2015, 2016, 2018, 2019 e 2020), cinco da Supercopa da França (2013, 2015, 2017, 2018 e 2019) e da Copa da Liga Francesa (2014, 2015, 2016, 2017 e 2018) e quatro da Copa da França (2015, 2016, 2017 e 2018). Mas sua relação com a torcida não foi sempre de amor, uma vez que o zagueiro foi muito criticado quando o PSG foi eliminado pelo Barcelona numa Liga dos Campeões.

João Felix
Tags

Em destaque