Carregando

Buscar

Futebol

“Eu poderia ter sido como Messi ou Cristiano Ronaldo, mas não quis”. Wesley Sneijder relembra carreira

Compartilhe

Afastado dos gramados há cerca de um ano, quando abandonou o Al-Gharafa e decidiu ‘pendurar as chuteiras’, Wesley Sneijder concedeu uma entrevista ao jornalista italiano Gianluca di Marzio, onde relembrou alguns dos mais marcantes momentos da carreira.

O antigo camisa 10 da seleção holandesa diz ter ficado satisfeito com tudo aquilo que conquistou dentro das quatro linhas, embora reconheça que poderia ter ido mais longe: “Podia ter sido como Messi ou Cristiano Ronaldo. Simplesmente não quis”, analisou. “Desfrutei da minha vida, bebi o meu copo de vinho no jantar. O Leo e o Cristiano são diferentes, fizeram muitos sacrifícios. E por mim está tudo bem assim. A minha carreira, no entanto, continua tendo sido fantástica”, afirmou o ex-jogador.

João Felix

Na mesma entrevista, Wesley Sneijder recordou os tempos que passou com Mario Balotelli que, ao que tudo indica, estará de saída do Brescia após um desentendimento com o presidente. Os dois jogaram juntos na Inter de Milão e no Nice. “Ele é fortíssimo, não há mais nada a dizer. Ele podia estar entre os melhores atacantes, mas tomou determinadas escolhas. Não concordo com elas, mas o mundo é belo porque cada um é como é. Será o Brescia a última oportunidade? Não sei… Alguém como ele pode sempre fazer a diferença”, finalizou.

Tags

Em destaque