Carregando

Buscar

Futebol

Jorge Jesus fala sobre objetivos no novo vínculo, e cita Mundial: “Ficou atravessado na garganta”

Compartilhe

Após oficializar o vínculo com o Flamengo até 2021, Jorge Jesus concedeu uma entrevista à “FlaTV” e falou sobre diversos assuntos, dentre eles os seus objetivos para o nosso período no comando do clube.

O técnico, que afirmou ter aberto mão da parte financeira para ficar, disse que a principal meta é voltar ao Mundial de Clubes da Fifa e conquistar o título. No ano passado, o Flamengo foi derrotado pelo Liverpool na disputa.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

“As expectativas são sempre as melhores, em função daquilo que é a grandiosidade deste clube. Este clube trata de ser não só o maior melhor e maior do Brasil, mas também além das fronteiras. Nossa convicção é exatamente a mesma que tivemos no ano passado, e se possível, por a cereja no bolo, que ficou atravessado na garganta, que foi ser campeão do mundo. Vamos trabalhar para poder estar na final do Mundial de Clubes, que foi um dos objetivos que não conseguimos. Mas acreditamos que podemos estar lá. Para isso, como é óbvio, precisamos ganhar novamente a Libertadores”, disse o português.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

No novo contrato, Mister receberá cerca de 4 milhões de euros (23 milhões) e mais premiações. No primeiro ano de Flamengo, o treinador faturou mais de R$ 15 milhões pelos títulos da Libertadores e Campeonato Brasileiro. Ambos definiram que não haverá congelamento do euro, e os pagamentos serão com a cotação do dia.

“Eu neste momento, felizmente, posso escolher o que quiser para a minha carreira esportiva. Foi o que fiz ano passado e exatamente neste ano, continuar no Flamengo. Porque não pus à frente minha carreira financeira. Os meus contratos que eu tinha em Portugal não há comparações possíveis. Eu escolhi carreira esportiva. No primeiro ano, eu sabia o que ia acontecer porque sabia da qualidade do meu trabalho e dos jogadores do Flamengo. Agora, conheço melhor a estrutura, a paixão que os torcedores têm por mim. Se estou num lugar que me faz feliz, esse foi o fator número 1 da minha escolha. Você anda à procura de felicidade esportiva, e ela só acontece com resultados”.

Tags

Em destaque