Carregando

Buscar

Futebol

Heberty, o ex-Vasco que virou ‘Pantera Negra’ na Ásia

Compartilhe

Heberty teve pouquíssimas chances no futebol nacional e, por isso, o jogador não é muito conhecido pelos brasileiros. Entretanto, agora o atacante está entre os maiores artilheiros da história da Liga Tailandesa, com 123 gols, e ganhou o apelido de ”Pantera Negra” devido às suas comemorações.

O jogador começou em escolinhas de futebol na zona de leste de São Paulo, passou pela base da Juventus da Moca e do Palmeiras, mas chegou a desistir do futebol depois disso. Heberty trabalhou no almoxarifado, e depois área de contabilidade de um hotel.

João Felix

Heberty, no entanto, decidiu tentar mais uma vez a carreira no futebol. O atleta então começou a jogar no time de um empresário polônes que visava vender jovens talentos para a Europa. O jogador viajava e enfrentava times da base europeus, mas dizia: “Eles tinham um gasto muito alto conosco e pediram valores muito grandes para nos venderem. Mesmo jogando bem, tivemos que voltar ao Brasil”.

O atacante então foi para o Taboão da Serra e depois fechou com o Vasco, mas não fez sucesso em São Januário: “Eu treinei nos juniores, mas não joguei partidas oficiais. Só fiz amistosos. Como não era aproveitado, eu saí em 2008”, disse.

Depois de rodar pelo futebol de São Paulo, Heberty conseguiu, em 2011, ganhar a Copa Paulista pelo Paulista de Jundiaí. No ano seguinte, o jogador foi para o Japão. Depois de se destacar, se transferiu para a o Ratchaburi, da Thailândia: “No meu último jogo tinha muita gente para fora do estádio que não conseguiu entrar. Eles fizeram um monte de faixas, foi um carinho excepcional. Até a torcida adversaria gritou meu nome”, garantiu.

Em destaque