Carregando

Buscar

Futebol

Diego Costa pode ser preso por fraude na Espanha

Compartilhe

O Fisco espanhol pediu, nesta sexta-feira, que Diego Costa seja condenado a seis meses de prisão devido a um suposto crime de sonegação contra a Receita Federal relativo ao pagamento do imposto sobre o rendimento de pessoas físicas, em 2014.

De acordo com a agência de notícias espanhola “EFE”, o atacante brasileiro naturalizado espanhol do Atlético de Madrid poderá, ainda, ser condenado ao pagamento de uma multa superior a meio milhão de euros devido ao caso registado no ano em que deixou o clube rumo ao Chelsea.

Diego Costa em ação pelo Atlético de Madrid. Foto: Divulgação/Atlético de Madrid
João Felix

O processo teve início em 2019, quando a Receita Federal acusou o camisa 9 da seleção espanhola de fraudar os cofres do Estado em cerca de 1,1 milhões de euros, ao ocultar, alegadamente, receitas provenientes de um contrato de patrocínio com a fornecedora de material esportivo Adidas.   

O acordo em questão foi assinado pouco antes de o jogador se transferir para o Chelsea, sendo que as autoridades espanholas entendem que deveria ter sido declarado, na totalidade, no país, o que acabou por não acontecer.

Tags

Em destaque