Carregando

Buscar

Futebol

Jogador norueguês é mandado embora por roubar colegas de time

Compartilhe

Aos 32 anos, o zagueiro Vegard Forren viu a sua passagem pelo Molde, onde estava desde 2017, acabar de forma unilateral.  O clube norueguês rescindiu o contrato do jogador depois que ele admitiu ter roubado dinheiro dos colegas de equipe para alimentar seu vício em jogos. Arrependido, Forren falou do acontecido e do seu problema.

“É um jeito triste de encerrar minha carreira no Molde, mas minhas atitudes representaram uma enorme quebra de confiança. Gostaria de pedir desculpas à minha família, aos meus amigos, aos jogadores, à torcida e ao clube”, disse o jogador ao “Rbnett”, explicando o vício em jogos. “Convivo com esse problema há 15 anos. Minha mulher abriu uma loja depois que nos casamos, então passei muitas tardes sozinho como nossos filhos, e isso acabou por fazendo com que eu jogasse mais do que antes. Ao mesmo tempo, estava frustrado porque atuava pouco pelo time, e o jogo foi minha fuga dos problemas.”

O zagueiro pegou dinheiro da ‘Caixinha’, na qual os jogadores deixaram valores referentes a multas, como atraso a treinos. O total era partilhado por todo elenco, e o valor que Forren roubou, segundo a imprensa local, foi de 9.255 euros (aproximadamente R$ 55,5 mil, na cotação atual).

João Felix
Tags

Em destaque