Carregando

Buscar

Futebol

“Novo normal”: Messi fala sobre impactos causados pelo coronavírus e da situação do futebol após pandemia

Compartilhe

Messi concedeu uma entrevista à Adidas, marca que o patrocina, e abordou diversos assuntos, entre eles os estragos causados pelo novo coronavírus em todo mundo e também o “novo” futebol criado em decorrência da pandemia. 

O camisa 10 do Barça revelou que não é fácil viver ou trabalhar com tanta incerteza diante de uma situação excepcional assim.  

“Houve pessoas que falaram que poderia haver pandemias globais e que elas poderiam acontecer de tempos em tempos. Mas a verdade é que eu não podia imaginar o tremendo impacto que está tendo praticamente em todo o mundo. Não é fácil viver ou trabalhar com tanta incerteza, muito menos diante de uma situação tão diferente e excepcional como essa”, desabafou.

João Felix

Messi também analisou as possíveis consequências na atuação dos jogadores, pois ainda não há previsão do retorno da maioria das competições europeias.

“Todos nos perguntamos quando voltaremos ao trabalho, quando treinaremos e competiremos novamente. Para qualquer jogador de futebol, é essencial manter a concentração quando saltamos para o campo. Há quem diga que essa força mental representa 40, 50 ou até 60% do nosso esporte. Suponho que também dependa de cada atleta individualmente”.

Messi treina com o elenco após permissão do governo da Espanha - Foto: Reprodução/Twitter Oficial do Barcelona

Sobre o novo futebol, com partidas sem público, o eleito seis vezes melhor do mundo disse que foi uma atitude correta diante do atual cenário, e ainda revelou que, apesar de já ter acontecido jogos sem públicos, para ele é muito estranho não ter o calor da torcida.

“Já tive que fazer isso (atuar sem torcida) em casa e foi muito estranho. Mas é normal que aconteça depois de tudo isso que estamos experimentando, é perfeitamente compreensível”

Durante a entrevista, Messi falou sobre como conseguiu manter a boa forma física durante a quarentena. Porém revelou que será impossível voltar ao mesmo ritmo em que estava no início da temporada pelo Barcelona, já que os treinamentos não são os mesmos. Ainda fez um pedido sobre a remarcação das partidas.

“Apesar de não jogar mais dois jogos por semana, tento treinar todos os dias e fazer os exercícios que nos passam. Não ter o ritmo dos jogos é uma coisa feia, mas é o novo normal com a qual temos que conviver. Por isso é necessário que nos preparemos antes de competir novamente”, finalizou.

O Barcelona retornou aos treinos coletivos nesta semana e, inclusive, já teve show de Messi na última terça-feira durante as atividades com os companheiros. O craque argentino mostrou que está em forma mesmo após o período parado. 

Tags

Em destaque