Carregando

Buscar

Futebol

Campello revela que alguns testes deram positivo para Covid-19 no Vasco

Alexandre Campello
Compartilhe

Nesta quarta-feira, Alexandre Campello, presidente do Vasco, concedeu uma entrevista ao canal “Esporte Interativo”. Nela, ele afirmou que alguns testes para Covid-19 apontaram resultado positivo. O mandatário não revelou a quantidade de contaminados, mas disse que ainda falta concluir alguns dos exames. Também foi aproveitada a ocasião para discutir a volta aos gramados e um pouco da estratégia do clube.

São Januário
Foto: Getty Images
João Felix

“Nós temos alguns resultados prontos. Outros, ainda não. Isso foi feito de maneira sequencial, então, uns saem antes dos outros. Sim, tem um número de atletas que foram, sim, contaminados. Como ocorreu em outros clubes. Isso demonstra que estar em casa não impede a contaminação”, disse Campello.

A ideia do presidente era de iniciar os treinos nesta quarta, porém, com a demora nos resultados dos exames, acabou sendo adiado para quinta-feira. Sobre sua alegação de que é mais seguro para os jogadores ficarem no CT, ele explicou:

“O Vasco tem como postura testar todos os atletas. Com o protocolo, o nosso entendimento é de que damos mais segurança ao jogador do que ele tem em casa. Os jogadores fazem exercícios em casa, com auxilio de personal. Quem controla essas pessoas? Nós vamos testar os atletas, os familiares dele e alguns funcionários deles. E o que verificamos de cara nos exames? Não só no Vasco, mas isso é em todos os clubes. Identificamos que um funcionário de um dos nossos atletas estava contaminado. E a família do jogador não. Então, o que ia acontecer? Esse funcionário ia contaminar toda a família do nosso atleta. Com o controle, afastamos esse risco. Oferecemos ao atleta uma condição melhor do que ele tem em casa. O poder público não tem condições de oferecer isso. A gente espera voltar hoje, mas ainda não temos o resultado de todos os testes. Então, transferimos para amanhã”, completou.

Lembrando que, no último domingo, a prefeitura deu aval para que os clubes realizassem seus treinos, com limitação de contato. Campello disse que se reuniu na intenção de dialogar e de procurar uma solução que viabilizasse a volta, apesar de reconhecer que futebol não é a maior prioridade do momento.

Para finalizar, o presidente revelou que o clube pretende pagar os atletas e funcionários que não receberam no ano, até o final de semana.

“Só gosto de cravar a data quando tenho certeza. É possível que até o final da semana a gente pague quem não recebeu em janeiro. Ou mais tardar no começo da semana que vem”, afirmou.

Lembrando que só foram pagos no ano de 2020 atletas que recebem até o máximo de R$50 mil, relativos ao mês de janeiro apenas, além de funcionários com salários de até R$1.800.

Tags

Em destaque