Carregando

Buscar

Futebol

Dono dos supermercados BH toma atitude para Cruzeiro não perder mais pontos

Compartilhe

O Cruzeiro vive a pior crise institucional e financeira de sua história. Recentemente o clube recebeu uma punição da Fifa e terá que começar a Série B com menos seis pontos. Outras punições são cogitadas por irregularidades financeiras, mas o dono dos Supermercados BH, Pedro Lourenço, confirmou que ajudará o azulão a pagar os débitos necessários para evitar a perda de pontos.

“Todo cruzeirense, que é cruzeirense como eu, jamais pode aceitar a situação que o Cruzeiro está. Isso não vai acontecer (perda de pontos). Nós não vamos permitir que o Cruzeiro perca mais pontos. Temos que fazer um esforço, eu principalmente vou fazer um esforço. Não podemos deixar e não vamos perder esses seis pontos. Eu vou ajudar, espero que outros cruzeirenses também ajudem. Mas o torcedor do Cruzeiro pode ter certeza que isso não vai acontecer”, garantiu.

João Felix

O Cruzeiro precisa pagar uma dívida de 11 milhões com o FC Zorya, da Ucrânia, até a próxima sexta-feira. Caso não pague, pode iniciar a série B com menos 12 pontos.

O empresário reconhece o carinho da torcida e garante que o time não sofrerá mais punições: ”Queria agradecer essa gratidão que o torcedor tem comigo. Eu fico emocionado, dá vontade até de chorar de alegria. Eles têm confiança em mim, e nós não vamos deixar a torcida ter esse desgosto de perder mais pontos. Sempre ajudei o Cruzeiro, o Cruzeiro me deve, mas eu nunca cobro nada. Nunca deixarei a torcida do Cruzeiro desamparada. Enquanto eu estiver vivo, vou sempre apoiar o Cruzeiro e não vou deixar que isso aconteça, junto com o presidente, é claro”, ressaltou.

Foto: Reprodução/Twitter

Caso o Cruzeiro não pague a dívida em um período de 5 meses, a punição será mais severa, com um rebaixamento para a terceira divisão do Campeonato Brasileiro.

Em destaque