Carregando

Buscar

Futebol

Botafogo estuda formas de reduzir custos e não prevê novas demissões

Compartilhe

A crise por conta da pandemia de Covid-19 promete abalar todos os clubes brasileiros. O Botafogo estuda formas de diminuir seu prejuízo financeiro sem prejudicar ainda mais o quadro de funcionários.

Na última semana, o Botafogo demitiu mais de 40 funcionários, mas o motivo não foi apenas a crise causada pela pandemia. O clube já havia entendido que precisaria fazer uma redução em suas equipes. Atualmente o alvinegro conta com 365 trabalhadores.

Caso a situação piore, o Botafogo cogita fazer uso da medida provisória 936, que permite redução de jornadas de trabalho e salários, e também a suspensão de contratos.

João Felix

Segundo o vice-presidente de finanças, Luiz Felipe Novis, a crise pode causar uma perda de R$ 60 milhões, número equivalente a 30% da receita arrecadada em 2019.

Em destaque