Carregando

Buscar

Futebol

Ex-Santos e Corinthians é preso por furto reincidente a caixa eletrônico

Compartilhe

Ex-jogador com passagens por Corinthians, Ponte Preta e Santos, Piá, hoje com 46 anos, foi detido pela quarta vez por furto a caixa eletrônico. A prisão foi feita em flagrante, quando o ex-atleta tentava subtrair envelopes de dentro de um banco de Cordeirópolis.

A informação foi trazida pelo portal “GloboEsporte” e apurada junto à guarda municipal da cidade pelo “UOL”. Segundo as autoridades, Piá será conduzido até a delegacia de Limeira, por onde passará uma noite.

Foto: Twitter
João Felix

Piá deixou os gramados em 2011, desde então, já acumulou quatro ocorrências por furto a bancos. A primeira foi em 2014, quando foi flagrado tentando tirar envelopes de dentro de um caixa eletrônico em Campinas. Na ocasião, ficou 21 dias detido em Hortolândia. No ano seguinte, isto se repetiu mais duas vezes, em Americana e Bauru, respectivamente.

Em 2017, quando se arriscou como treinador do Independente de Limeira, o ex-jogador conversou com o portal da “‘UOL” sobre as ocorrências. Na ocasião, ele se disse arrependido, e contou que se usaria de exemplo para nunca mais repetir suas ações.

“Está tudo resolvido com a Justiça, eu paguei o que devia e hoje é só vida para frente. Se você sai de um errinho na sua vida já se arrepende, imagina o que eu tive? Não tem como falar que não vai se arrepender, né, mas é claro que eu me arrependo muito ainda, só que hoje eu sirvo de exemplo e o maior exemplo de vida sou eu mesmo, exemplo de sair do nada, chegar ao futebol e ter tudo como jogador. E depois acabei perdendo tudo e agora tenho uma nova chance, então o maior exemplo que eu tenho de vida sou eu mesmo”, disse Piá, antes de repetir o crime pela quarta vez.

Tags

Em destaque