Carregando

Buscar

Futebol

Com direitos de imagem atrasados, Galo pretende pagar só em 2021

Compartilhe

Com a pandemia do coronavírus assolando o país, os clubes acabaram vendo seus cofres esvaziarem. No Atlético-MG não foi diferente. Recentemente o clube dispensou seis jogadores de seu elenco, incluindo o veterano Ricardo Oliveira. Mesmo assim, os dirigentes não encontram receita para pagar os direitos de imagem de seus jogadores. São dois meses de atraso e a promessa de pagamento… em 2021.

Essas são as informações trazidas pela rádio “Itatiaia”, de Minas Gerais. O clube se vê diante de uma das maiores folhas salariais do Brasil, e com isto, a impossibilidade de arcar com os custos integrais no momento de crise.

João Felix

O Campeonato Mineiro, assim como o Brasileirão, segue sem previsão de retorno. e, ainda que volte, provavelmente será com os portões fechados, o que vai prejudicar ainda mais os cofres das equipes. O Galo projeta melhoras apenas para o ano que vem, para que, assim, arrume a casa.

Tags

Em destaque