Carregando

Buscar

Futebol

“Vasco tem problemas maiores”: Edmundo critica acordo de candidato com Yaya Touré

Compartilhe

Edmundo não gostou do anúncio feito pelo candidato à presidência do Vasco, Leven Siano, na última quinta-feira, de que teria um acordo com Yaya Touré. Em entrevista no “Bom dia Fox”, o ídolo vascaíno disse que o clube tem problemas maiores e deve priorizar os funcionários e jogadores atuais. 

João Felix

“Acho que tem uma série de pontos neste vídeo. Primeiro, o candidato não tem legitimidade para contratar. Segundo, a idade que tem o Yayá Touré. Ele está há mais de seis meses sem atuar, e a contratação dele seria só para o ano que vem. E outra, que é o ponto mais emblemático, é o fato de a gente estar num momento tão grave e o candidato aproveitando para fazer campanha para se autopromover. Isso é o que mais me espanta”, opinou.

Edmundo, ídolo vascaíno, critica anúncio feito por candidato do Vasco - Foto: Getty Images

Edmundo ressaltou que o Vasco não paga os salários em dia há um tempo e alfinetou o candidato, dizendo que ele deve priorizar e tratar melhor quem já está no clube ao invés de “fazer de tudo para ter ascensão do seu nome”. O ex-jogador ainda acrescentou que deve ter legitimidade no que fala, senão o time pode virar motivo de piada.

“Acho que o Vasco tem problemas maiores. O Vasco não paga salários de atletas e funcionários há muito tempo. Se alguém quer o bem do Vasco, acho que essa deveria ser a prioridade, tratar melhor quem está no clube. Agora, na política, as pessoas fazem de tudo para ter a ascensão do seu nome. (…) É inegável que foi um grande jogador, mas, sinceramente, espero que isso não vire moda, que outros candidatos não achem que têm legitimidade para contratar, porque senão o Vasco pode virar motivo de piada”.

Tags

Em destaque