Carregando

Buscar

Futebol

Cruzeiro pode perder mais 6 pontos se não pagar dívida até o fim do mês

Compartilhe

Despesas milionárias investigadas pelo Ministério Público de Minas Gerais, ex-presidente justificando gasto com cartão corporativo em casa de entretenimento adulto em Portugal, ex-treinador entrando na Justiça contra o clube, punição irreversível na Série B do Campeonato Brasileiro… O 2020 do Cruzeiro já é um filme de terror, e nesta quinta-feira a Raposa levou mais um susto: o time agora pode começar a Segundona com -12 pontos.

Hoje no Palmeiras, Willian é a razão que pode levar o Cruzeiro à Série C (Cesar Greco/Palmeiras)

O clube mineiro foi intimado a pagar € 1,8 milhão (cerca de R$ 11 milhões) ao Zorya FC, da Ucrânia, e o valor é referente à contratação de Willian Bigode em 2014. O prazo é até 29 de maio, e a pena por não cumpri-lo será a perda de mais seis pontos no início da segunda divisão do Brasileirão. O atacante chegou à Toca da Raposa em 2013, por empréstimo, e no ano seguinte teve seu passe negociado em definitivo. Willian ficou em Belo Horizonte até 2017, quando se transferiu para o Palmeiras.

João Felix

A dívida era com o também ucraniano Metalist Kharkiv, mas passou para o Zorya, e o assunto chegou à Corte Arbitral do Esporte (CAS) para depois ser devolvida à Fifa. Segundo informações do “GloboEsporte.com”, o Cruzeiro tentou o parcelamento da dívida, o que não foi aceito pelos ucranianos, uma vez que um novo acordo pode levar a uma nova inadimplência, e assim o clube teria de esperar mais cinco anos para receber.

A cobrança acontece logo depois de a CBF receber da Fifa um ofício comunicando que o clube deveria ser punido por ter cumprido o prazo de 90 dias para pagar € 850 mil ao Al-Wahda, dos Emirados Árabes, referentes à negociação do volante Denilson. O Cruzeiro perdeu 6 pontos antes mesmo do início da Série B, e uma nova data para pagamento será estipulada. A probabilidade é que a Raposa tenha mais cinco meses para quitar a dívida com o clube saudita, podendo ser rebaixado à terceira divisão do futebol nacional se não o fizer.

Tags

Em destaque