Carregando

Buscar

Futebol

Edinho relembra tempos no Fluminense e Internacional, e entrega ‘culpado’ por briga em 2011

Compartilhe

Com passagens por Inter, Palmeiras, Fluminense e Grêmio, Edinho fez seu nome no futebol brasileiro. O volante falou ao ”Lance!” sobre alguns momentos marcantes em sua trajetória.

O clube mais importante de sua carreira foi, sem dúvida, o Internacional. Pelo Colorado, Edinho foi campeão da Libertadores, Sul-Americana, Recopa e Mundial. 

O volante relembrou o dia que estava na França, ‘abandonado’ e foi ajudado por Fernandão: ”Passei por muitas dificuldades, mas Deus colocou um anjo para me ajudar que era o Fernandão. Estava numa cidade pequena próxima de Paris e vi uma notícia na televisão que o Olympique de Marselha contratou o Fernandão. Fui atrás dele e ele foi o cara que, sem nunca ter me visto na vida, me estendeu a mão”.

João Felix

Quando chegou ao Fluminense, já estava estabelecido no cenário nacional. Pelo Tricolor, foi campeão brasileiro e estadual.

Durante a convivência com o meia Deco, o jogador lembrava frequentemente o título mundial que ganhou com o Inter, em cima do companheiro: ” Eu brincava com o Deco: “Não deu lá, né?”. E ele respondia: “Para, ninguém lá dava importância para esse campeonato”. E eu dizia: “Perdeu ninguém dá importância”. Mas brincando, lógico que o Deco queria ganhar. No início os times europeus não davam muita importância. De um tempo para cá, passaram a dar mais importância”.

Ainda sobre a passagem no Tricolor, o volante relembrou a famosa briga contra os Argentinos Juniors na Libertadores de 2011 e entregou o culpado: ”Acho que foi o Marquinho. Durante o jogo, tinha um jogador deles o tempo inteiro provocando. Quando acabou, acho que o Marquinho foi tirar um sarro e começou aquela briga generalizada. Lembro que o Diguinho pegou o pau da bandeira e começou a afastar os caras. Só que teve uma hora que pegou no chão e quebrou, ficou desse tamanhinho (indica com o dedo que ficou pequeno). Coitado do Diguinho, acho que arrancaram todos os cabelos dele naquele dia (risos)”.

Foto: Wikimedia Commons

Edinho jogou 172 partidas pelo Internacional entre 2003 e 2009. Já pelo Fluminense, foram 163 jogos entre 2011 e 2013.

Em destaque