Carregando

Buscar

Futebol

Clube coreano usa bonecas sexuais em arquibancadas e se desculpa

Compartilhe

A volta aos gramados em época de pandemia tem exigido medidas de marketing reforçadas dos clubes, a fim de suprir a falta dos torcedores. Na alemanha, fotos de pessoas preencheram o vazio nas cadeiras, além de cartazes e bandeirões. Na Coreia, entretanto, um clube passou do ponto ao tentar fazer isto. Bonecas sexuais marcaram presença na partida entre FC Seoul e Gwangju, a imprensa e os telespectadores repercutiram de forma negativa, e a equipe teve que se retratar.

Os dirigentes pediram desculpas em nota oficial. Em sua defesa, alegaram que ao contratar as bonecas, imaginavam ser manequins reais, mas não com intuitos sexuais.

“Lamentamos sinceramente que tenhamos criado uma situação desconfortável para os nossos torcedores. Garantimos desde o início que essas bonecas não tinham nada a ver com brinquedos sexuais”, afirmou a assessoria do clube.

Em entrevista ao canal “BBC”, um dos dirigentes da equipe disse que contrataram 30 bonecos da empresa Dalcom, e que falharam em não consultar o histórico da empresa. 

A ideia consistiu em usar os bonecos espalhados pelas arquibancadas, sendo 28 representando mulheres e 2 homens, todos com máscaras tampando o rosto, como uma mensagem de alerta para a população. O tiro acabou saindo pela culatra.

João Felix
Tags

Em destaque