Carregando

Buscar

Futebol

Flamengo ainda receberá “bolada” por Reinier

Compartilhe

Real Madrid ainda tem mais três parcelas para quitar a compra do meia

O mundo do futebol está sendo atingido por uma crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus. Sem a possibilidade de jogar, os clubes vão a cada mês perdendo receitas como bilheteria, sócios-torcedores, patrocínios e direitos televisivos. Uma das salvações são as receitas que já eram esperadas, como vendas de atletas já confirmadas, caso de Reinier, última joia vendida pelo Flamengo para o Real Madrid, por cerca de 30 milhões de euros.

A negociação da jovem estrela brasileira ainda irá render muito dinheiro aos cofres do clube da Gávea. Além dos 10 milhões de euros já recebidos pelo Flamengo, os merengues ainda pagarão mais três parcelas de R$6,66 milhões de euros, totalizando mais R$114,494 milhões.

Leia mais:

Chiellini faz “elogio a Sergio Ramos em biografia

Uefa fala em “prioridade à saúde pública” e campeonatos até o fim

Neto afirma que Gabigol é melhor que Gabriel Jesus

Segundo o balanço referente ao primeiro trimestre de 2020, as parcelas restantes vão ser quitadas pelo gigante espanhol em julho deste ano e janeiro e julho de 2021. Com o câmbio atual, a transferência de Reinier se tornará a mais cara da história do clube, chegando a R$165 milhões e ultrapassando as vendas de Lucas Paquetá e Vinícius Jr que chegaram a R$150 milhões.

Tags

Em destaque