Carregando

Buscar

Futebol

“Não sabe administrar uma quitanda”: Vice do Santos detona presidente José Carlos Peres

Compartilhe

O clima no Santos segue esquentando. O vice-presidente Orlando Rollo detonou a gestão de José Carlos Prestes após a diretoria decidir por reduzir em 70% o salário de todos os funcionários, inclusive dos jogadores que recebem mais de R$ 6 mil. 

Apesar de terem sido eleitos pelo mesmo grupo, Rollo e Peres são desafetos declarados. 

José Carlos Prestes e Orlando Rollo - Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Durante uma live do “Diário do Peixe”, o vice-presidente criticou José Carlos Peres e disse que o dirigente não tem capacidade de comandar o Santos por não ter experiência.

“E cá entre nós, o Peres não tem experiência de nada. O Peres, hoje, me desculpem os pequenos comerciantes de quitanda, mas o Peres hoje não sabe administrar uma quitanda, imagina um clube com a grandiosidade do Santos”, disparou. 

Rollo ainda continuou: “Isso vai trazer grande problema futuro para o Santos, não só para o vestiário. O Peres já perdeu o vestiário do Santos faz tempo. Os jogadores não respeitam. Ele é tido como o verdadeiro motivo de chacota. Esse fator do salário veio para agravar um problema que já era ruim. O Santos, futuramente, pode perder esses jogadores na Justiça”

O vice-presidente também acusou o dirigente de não tomar decisões em conjunto com o Comitê de Gestão e de não seguir o que determina o estatuto do Santos. 

“Se o presidente José Carlos Peres estivesse seguindo as orientações emanadas a um Comitê de Gestão, que não fossem dessa maneira subserviente aos seus desejos e suas vontades, realmente o Santos estaria muito bem”, finalizou. 

Tags

Em destaque