Carregando

Buscar

Futebol

Em live de Ronaldo Fenômeno, Jesus afirma: “Me machucou muito o pós-Copa em 2018”

Compartilhe

Nesta quinta-feira (14), Ronaldo Fenômeno fez uma live para entreter os seus seguidores durante a quarentena forçada pela pandemia de Covid-19. A resenha também contou com a participação de Gabriel Jesus e Richarlison. 

Ronaldo e Gabriel Jesus - Foto: Reprodução/Instagram

Ronaldo transformou a transmissão em uma verdadeira entrevista descontraída com os jogadores. O Fenômeno começou dizendo que hoje em dia a Seleção não tem o mesmo bullying que antigamente e contou que engraxava a chuteira de Romário nas suas primeiras convocações. 

Ainda se tratando de seleção brasileira, Jesus disse: ”Me machucou muito o pós-Copa de 2018. Eu não fui o melhor de mim como pessoa e jogador (…) nos 4 ou 5 meses seguintes cheguei a perder a alegria de jogar”. 

O ex-jogador também contou um momento negativo em sua carreira em uma tentativa de consolar Jesus: ”Eu costumava assistir aos meus jogos no dia seguinte. Tentava ver os meus erros e melhorar. Pouca gente se lembra, mas naquele ano espetacular que eu tive no Barcelona, eu cheguei a ficar seis jogos sem marcar. Fui, inclusive, vaiado em casa. Mas eu usava isso para tirar o meu melhor. Espero que isso sirva para você também”.

Com Richarlison o papo foi mais leve. Quando perguntado sobre a Copa de 2022, ele confessou: ”Eu me imagino jogando e marcando gols pela Seleção. Sei que a concorrência é grande, mas também sei da minha evolução”. 

Ronaldo lembrou que o time nacional não é campeão da Copa do Mundo há muito tempo. Richarlison respondeu com segurança: ”Vou trazer essa taça pra gente”.

Ronaldo e Richarlison - Foto: Reprodução/Instagram

Na hora de se despedir dos fãs, o Fenômeno lembrou da luta contra o Covid-19: ”Se cuidem. A gente só vai vencer essa juntos”.

Em destaque