Carregando

Buscar

Futebol

Pandemia do coronavírus manterá Neymar como o mais caro da história do futebol, diz advogado

Compartilhe

Em entrevista ao “Bola da Vez, programa da “ESPN”, Marcos Motta, advogado que participou da transferência de Neymar para o PSG, disse que a pandemia de coronavírus manterá o craque como o jogador mais caro da história do futebol.

Foto: Reprodução/365Scores

Segundo Motta,  os valores alcançados na saída do brasileiro do Barcelona dificilmente serão superados devido à crise atual. Ainda disse que, mesmo antes da Covid-19, o mercado já estava cauteloso em relação a grandes contratações como foi a do atacante. 

“A operação do Neymar foi divisora de águas. Tivemos ali uma operação que chamo de 2-2-2. A gente sempre discute quem inflacionou quem: O mercado inflacionou o Neymar ou o Neymar inflacionou o mercado? Sempre gosto de debater isso no ambiente acadêmico. Dificilmente essa cifra seria batida antes da Covid-19, e agora dificilmente ela será alcançada, por uma série de motivos”, opinou. 

O advogado ainda completou: “Antes da crise, nós temos um controle maior financeiro por parte da Uefa, o fair play financeiro, o sistema de licenciamento que funcionou muito bem e de alguma forma conseguiu dar algum controle. Nós já tínhamos alguma dificuldade em valores de transferência. Repito, depois do Neymar, repare que as transferências começam a baixar um pouco, os salários também começaram a se adequar em função do fair play financeiro da Uefa”.

Foto: Getty Images

A transferência de Neymar para o PSG aconteceu em 2017 e o clube desembolsou 222 milhões de euros para tirar o jogador do Barcelona. 

Tags

Em destaque