Carregando

Buscar

Futebol

Presidente do Lyon entra na justiça por retomada do Campeonato Francês

Compartilhe

Recentemente, o presidente do Lyon, Jean-Michel Aulas, desabafou a respeito do cancelamento do Campeonato Francês, que premiou o PSG campeão, rebaixou quatro clubes e deixou o Lyon, sétimo colocado, de fora das próximas competições continentais.

Aulas revelou ao programa “L’equipe d’estelle” que encaminhou duas ações judiciais no Tribunal de Justiça de Paris, a fim de reverter a decisão da Federação de Futebol da França. Um álibi para a diretoria do Lyon é o retorno do Campeonato Alemão, além das iminentes voltas dos campeonatos italiano, inglês e português.

PSG foi decretado campeão da Liga Francesa (Getty Images)

Como argumento, o Presidente do Lyon diz que a justificativa da Ministra dos Esportes da França, Roxana Maracineanu, de que os esportes não deveriam voltar até a data de 3 de agosto, não tem fundamento, uma vez que este calendário nem está previsto pela Uefa.

“A decisão da ministra do esporte se baseia na data de 3 de agosto, que não existe na UEFA. Podemos examinar em detalhes com o primeiro ministro (Édouard Philippe) e o ministro da saúde (Olivier Véran) o protocolo de saúde dos outros países europeus e ver se há uma possibilidade de retomada”, disse Aulas.

Ainda sobre o cancelamento, o presidente disse que não houve igualdade nas condições em que acabaram o campeonato, e que uma solução diferente e mais justa não era impossível. Além do Campeonato Francês, outra que optou por finalizar seu torneio foi a Federação Holandesa, também enfrentando a resistência dos clubes participantes.

Tags

Em destaque