Carregando

Buscar

Futebol

Há 57 anos, Santos foi o Brasil e derrotou Alemanha

Compartilhe

O Santos é um dos clubes que mais cedeu jogadores para a seleção brasileira em todos os tempos, mas no dia 5 de maio de 1963 o Brasil vestiu o preto e o branco do time da Vila Belmiro, que teve oito dos 11 titulares num amistoso contra a Alemanha. A Seleção foi a campo com Gylmar; Roberto Dias, Eduardo, Lima, Rildo e Zito; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe (todos em negrito eram jogadores do Peixe). O resultado do jogo? Vitória por 2 a 1, de virada, gols de Pelé e Coutinho.

O Santos vivia uma fase mágica à época. Poucos meses antes havia conquistado a Taça Libertadores e o Mundial de Clubes de 1962; e poucos meses depois, em setembro e dezembro de 1963, conquistaria o bicampeonato da Libertadores e do Mundial.

”Com o prestígio de bicampeão mundial a defender – título conquistado dez meses antes, no Chile – o Brasil partiu para uma pouco planejada excursão pela Europa em abril de 1963. Os jogadores do Santos já tinham conquistado dois títulos naquele início de temporada e, naturalmente, estavam exaustos. Mas o técnico Aymoré Moreira, mesmo assim, convocou quase todo o esquadrão santista para a viagem”, contou Odir Cunha, pesquisador do centro de memória do Santos.

Tags

Em destaque