Carregando

Buscar

Futebol

FGF e governo do estado descartam retorno do Gauchão em maio

Compartilhe

Assim como todo o futebol brasileiro, o retorno do Campeonato Gaúcho segue incerto. Em reunião nesta sexta-feira, no Palácio Piratini, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), e o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, descartaram a volta da competição neste mês de maio.

”Vamos avaliar os protocolos sugeridos pela Federação e considerá-los no próximo decreto, que vem a ser até a sexta-feira (8 de maio). Qual é o grande desafio aqui? O que torna especialmente difícil conseguir enxergar neste momento um retorno seguro ao futebol? É que o campeonato estadual precisa de uma regra uniforme no território, e o novo protocolo vai justamente não pela uniformidade do Estado, mas pela regionalização”, afirmou o governador.

Hocsman afirmou que a reunião foi para tratar de protocolos que serão utilizados quando o campeonato voltar. A FGF forneceria 50 testes de Covid-19 para cada clube, quando estes retornassem aos treinamentos, e mais 50 quando os jogos começassem. Estas medidas ainda estão sendo debatidas.

”Colocamos a questão da chegada ao campo de jogo, do posicionamento, de ônibus, transporte das delegações, uso de máscara no período antes da competição, quantitativos de delegação, de operação. Apresentamos a ideia da FGF quanto ao quantitativo de testes e os momentos destes testes. Há também a disposição da imprensa no entorno do gramado e algum cenário de datas possíveis, então entendemos por não fazer qualquer tipo de previsão. Queremos fazer uma coisa de cada vez, e o cenário vai mudando dia a dia”, disse o presidente da Federação.

O campeonato está paralisado desde o dia 16 de março. Grêmio e Inter lideram os grupos A e B, respectivamente.

Tags

Em destaque