Carregando

Buscar

Futebol

Morre Jorginho, massagista do Fla, por complicações da Covid-19

Jorginho Flamengo
Compartilhe

Icônico funcionário do Flamengo, o massagista Jorge Luiz Domingos, conhecido como Jorginho, faleceu na tarde desta segunda-feira, vítima do coronavírus. Aos 68 anos, Jorginho se encontrava internado há duas semanas em um hospital na Ilha do governador.

De toda a comissão de futebol do Flamengo, Jorginho era o funcionário com mais tempo de casa. Foi campeão da Libertadores e do Mundial de 81, assim como da Libertadores 2019. Além de massagista do Flamengo, participou da comissão da seleção brasileira pentacampeã do mundo em 2002.

Reprodução Twitter (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

A notícia da morte de seu massagista veio como uma ducha de água fria para a direção de futebol do Flamengo, que já planeja a volta aos treinos para esta semana, inclusive com exames já realizados em todo o elenco.

Confira na íntegra a nota emitida pelo Flamengo:

“É com muita tristeza que o Clube de Regatas do Flamengo comunica o falecimento do massagista Jorge Luiz Domingos, mais conhecido como Jorginho, funcionário mais antigo do Departamento de Futebol e com quatro décadas dedicadas com muito amor, carinho e seriedade ao clube.

Jorginho estava internado no Hospital da Ilha do Governador e sofreu parada cardíaca após complicações da Covid-19 nesta segunda-feira (04/05). Ao longo de 40 anos, Jorginho conquistou inúmeros títulos com o Flamengo e foi peça muito importante no pentacampeonato mundial da Seleção Brasileira em 2002.

O Clube de Regatas do Flamengo presta condolências à família, amigos e companheiros de trabalho de Jorginho e agradecerá eternamente por toda a sua dedicação durante muitos anos ao Rubro-Negro”

Tags

Em destaque