Carregando

Buscar

Funny / Viral / Boom Futebol Gossip & Lifestyle

Adebayor: “Faço o que quiser com meu dinheiro e não vou doar”

Compartilhe

Ex-Real Madrid e Arsenal se recusa a ajudar no combate do coronavírus e diz que não será influenciado pelas ações dos demais atletas

Emmanuel Adebayor vem causando polêmica durante a pandemia do Covid-19. O atacante tem recebido críticas por se recusar a doar parte do seu dinheiro para combater a propagação do vírus em Togo, que registra 88 casos e seis mortes confirmadas pela doença.

Em um vídeo no Facebook, o jogador e principal figura do futebol no país disse que gasta como quiser seu dinheiro e que faz as coisas pelos “desejos do coração” e não devido ao pedido dos outros.

“Para aqueles de vocês que me acusam de não doar nada, deixem-se ser muito claro: não dou mesmo. É muito simples. Faço o que quero com o dinheiro e como quero. Além do mais, há quem me critique pelo que fiz, por não ter feito uma única doação em Lomé”

Emmanuel Adebayor

Na publicação, o centroavante ainda disse que não pode ser comparado a Eto’o e Drogba – que se posicionaram e contribuíram para o combate do coronavírus na África -, pois são pessoas diferentes e ele age da maneira que quiser. 

“Lamento que as pessoas me comparem a Samuel Eto'o e Didier Drogba, perguntando-me por que não tenho uma fundação ou por que não faço uma doação, como se eu tivesse levado o coronavírus ao Togo. Não sou nem um nem outro, sou eu, Sheyi Emmanuel Adebayor. Um conselho para os caras sobre doações, não farei isso. Tudo é claro e muito simples”

Emmanuel Adebayor

Inicialmente, Adebayor estava sendo criticado por ser o responsável por levar o vírus ao país, devido à recente viagem entre Paraguai e Togo, com escala em França em Benim. Porém o foco mudou assim que o atacante do Olimpia deu as declarações e se recusou em ajudar seu local de nascimento. 

“Alguns pensam que fui eu que trouxe o vírus para Lomé. É muito mau, mas este país é assim. Além do mais, há quem me critique pelo que fiz, por não ter feito uma única doação em Lomé”

Emmanuel Adebayor
Tags

Em destaque