Carregando

Buscar

Futebol

Riquelme revela quais times brasileiros mais o preocupam na disputa da Libertadores

Compartilhe

Hoje, vice-presidente do Boca Juniors, Riquelme cita os times brasileiros que mais o preocupam na disputa da Libertadores. Segundo ele, Palmeiras, Grêmio e Flamengo são as maiores ameaças.

“ O futebol brasileiro vem muito bem. O Flamengo é um time muito forte. O Grêmio tem um treinador muito bom e sempre chega à fase final. O Palmeiras joga bem. Vai ser uma grande Copa. Sabemos que teremos que construir um ótimo time se quisermos competir com eles”

Riquelme

O jogador já esteve muito perto de atuar no futebol brasileiro. Depois da final da Libertadores de 2012, vencida pelo Corinthians diante do Boca, Riquelme foi procurado pelo Cruzeiro para jogar pelo clube.

“O presidente de Boca (Daniel Angelici) demorou muito a assinar os papéis e não tive a sorte de jogar no Cruzeiro”, apontou o ex-jogador.

Riquelme não é ídolo apenas no clube argentino. Em 2003 foi jogar no Villarreal e foi protagonista da era mais vitoriosa da história do clube. Lá foi campeão da Copa Intertoto (competição que existia e reunia clubes do terceiro nível da Europa. Uma classifição abaixo da Liga Europa de hoje e duas abaixo da Liga dos Campeões) em 2003 e 2004.

Depois disso, alcançou vôos maiores, como a briga pelo título do campeonato espanhol em alguns anos e, principalmente, a campanha na Liga dos Campeões na temporada 2005-06. 

Na ocasião, o argentino perdeu um pênalti no último minuto do segundo jogo da semifinal. O gol levaria o jogo (contra o Arsenal) para prorrogação.

Pela seleção argentina, Riquelme jogou entre 1997 e 2008, mas sua geração não conquistou títulos para o país. Participou das campanhas dos vice-campeonatos da Argentina para o Brasil na Copa América de 2004 e 2007 e na Copa das Confederações em 2005.

Riquelme é o maior ídolo do Boca Juniors, tendo conquistado por três vezes a Copa Libertadores. Será que ele teria se dado bem no futebol brasileiro?

Tags

Em destaque