Carregando

Buscar

Futebol

Nove anos do polêmico ‘El Clásico’ na final da Copa do Rei

Compartilhe

Real Madrid e Barcelona costumam protagonizar clássicos muito marcados pela rivalidade e até pela violência dentro de campo. Mas na final da Copa do Rei de 2011 as coisas saíram de controle.

O Real saiu campeão, mas o lado barcelonista reclama muito da arbitragem de Alberto Undiano Mallenco, que apitou aquela final.

     Foto: Reprodução/Mundo Deportivo

Logo no início da partida,Pedro teve um gol impedido, que para muitos estava na mesma linha. Arbeloa também deu esse pisão em David Villa em um lance totalmente sem bola. Os jogadores das duas equipes protagonizaram um empurra-empurra logo depois. 

O jogo como um todo até teve oportunidades de gols, mas o protagonismo da noite foi para a arbitragem. A torcida do Barcelona diz, por exemplo, que Arbeloa foi poupado da expulsão nesse lance. 

     Foto: Reprodução/Mundo Deportivo

Na mesma temporada, o Barcelona aplicou um histórico 5 a 0 em seu rival. O jogadores do time merengue estavam extremamente ‘mordidos’ com os resultados recentes entre os dois clubes. Na semana seguinte a essa partida, as equipes se enfrentariam pela semifinal da Liga dos Campeões da temporada 2010-11, vencida pelo time catalão.

     Foto: Reprodução/Mundo Deportivo

Cenas como essa foram vistas ao longo de todo jogo e o árbitro Mallenco nada fez para evitar e não advertiu os atletas de forma proporcional aos lances. O jogo foi para prorrogação com o placar de 0 a 0. No minuto 12 do tempo extra, Cristiano Ronaldo marcou de cabeça e deu o título ao Real Madrid.

Tags

Em destaque