Carregando

Buscar

Futebol

Robinho: “Eu não tinha maturidade para considerar as consequências”

Compartilhe

O brasileiro fala sobre Real Madrid, Ballon D'Or, experiências na Europa e relacionamento com seus companheiros

“Novo Pelé”. Assim Robinho chegou a Madrid após seu destaque no Santos. Sua carreira, no entanto, sempre esteve abaixo do potencial e das expectativas criadas. 

Em entrevista ao jornal Marca, o brasileiro abriu o jogo sobre sua experiência na Europa, os momentos mais marcantes no Real Madrid, Manchester City e Milan, e também as polêmicas que se envolveu.

Real Madrid

Apesar de ter entrado na mira do Barcelona, o atacante relembrou que foi difícil tomar uma decisão. Segundo ele, o que definiu sua ida ao Real foi a presença de diversos brasileiros e Luxemburgo como técnico. 

Quanto às expectativas criadas desde a época do Santos, Robinho desabafou: 

“Algumas pessoas esperavam que eu ganhasse a Bola de Ouro. Quando Pelé fala sobre você, todo mundo escuta. Então, fizeram comparações, mas não há novo Pelé. Nem agora nem nunca”

Robinho

Ao lado de grandes nomes, como Zidane, Beckham, Roberto Carlos e Ronaldo, o atacante conquistou diversos títulos, mas, apesar de ter tido bom desempenho no Real, com 35 gols e 37 assistências,  Robinho não cumpriu toda a expectativa gerada com a sua contratação.  

“Eu não tinha maturidade e capacidade de parar, pensar com uma mente clara e considerar as consequências antes de tomar decisões. Somente idade e experiência podem lhe dar isso”

Robinho
Apresentação de Robinho no Real Madrid (Foto: Getty Images)

Ida ao City

Após três temporadas defendendo o Real Madrid, o brasileiro foi contratado pelo Manchester City, porém o sonho de Robinho era defender o Chelsea, outra equipe inglesa. 

Seu desejo era trabalhar com Felipão, pois, segundo o técnico, ele iria fazer diferença na equipe. Porém o Chelsea, antes mesmo de concluir as negociações, começou a comercializar camisas com o nome de Robinho, o que irritou a diretoria do time espanhol.

“Não me arrependo de deixar Madrid. Mas lamento ter acabado errado com eles quando saí. O Real Madrid foi o clube que me abriu as portas e me ofereceu a oportunidade de conquistar a Europa”

Robinho

O que mais Robinho lamenta com a sua ida ao City foi de não ter conquistado títulos defendendo o clube inglês. “Fui campeão em todos os times em que joguei, exceto no City. Só me arrependo de não ter dado um título ao City, é a única coisa que me deixa um pouco triste”.

Ibrahimovic, Beckham... relação com seus companheiros

Por não ter mais espaço no City, Robinho assinou um contrato com o Milan por quatro temporadas, no valor de 18 milhões de euros. Lá, conheceu Ibrahimovic, que, inclusive, disse ser dele o mérito da contratação do brasileiro. 

“Zlatan costumava dizer que convenceu o Milan a me contratar. 'Você está aqui por mim'. Ele é arrogante? Sim, mas de um jeito bom. É apenas confiança e confiança no seu talento. Para mim, ele é tudo o que um atacante deve ser: um showman e um vencedor”

Robinho

Robinho também relembrou sua amizade com Beckham, na época em que atuaram juntos no Real Madrid. 

“Beckham estava sempre com os brasileiros. Ele fazia parte do nosso grupo. Na verdade, os espanhóis ficavam com ciúmes porque ele falava mais português do que espanhol”

Robinho
Robinho e Ibrahimovic no Milan (Foto: Getty Images)
Tags

Em destaque